MOÇÃO DE PESAR

Eduardo Campos (1965-2014) é um político brasileiro. Ex-governador do Estado de Pernambuco e ex-presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Foi Deputado Estadual, Deputado Federal e Secretário da Fazenda. É pré-candidato à Presidência da República, pelo PSB, nas eleições de outubro de 2014.
Eduardo Campos nasceu no Recife, Pernambuco, no dia 10 de agosto de 1965. Filho da advogada e política Ana Arraes de Alencar e do escritor Maximiano Accioly Campos. Eduardo é neto de Miguel Arraes de Alencar, ex-governador de Pernambuco e de Célia de Souza Leão Arraes. Com 16 anos ingressou no curso de Economia da Universidade Federal de Pernambuco.
Em 1986 atuou na campanha de seu avô, Miguel Arraes, para o governo do Estado de Pernambuco, eleito pelo PMDB. Em 1987 é nomeado chefe do gabinete do Governador Miguel Arraes. Participou diretamente da criação da primeira Secretaria de Ciências e Tecnologia do Nordeste e da primeira Fundação de Amparo à Pesquisa da Região (FACEPE)
Em 1990 filia-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) e concorre às eleições para deputado estadual, por Pernambuco, conquistando seu primeiro mandato. Na Assembleia Legislativa de Pernambuco, foi líder e um dos mais destacados parlamentares da bancada de oposição. Ganhou o “Prêmio Leão do Norte”, entregue pela Assembleia Legislativa aos parlamentares com atuação mais relevante.
Em 1994 é eleito a Deputado Federal com 133 mil votos. Em 1996 passa a exercer o cargo de Secretário da Fazenda, onde permanece até 1998. Nesse mesmo ano é candidato a deputado federal onde é reeleito com o maior número de votos do Estado.
Em 2002 é outra vez reeleito e destaca-se como articulador no Governo Lula, sendo considerado um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso. Em 2003 é nomeado para o Ministério de Ciência e Tecnologia, com apenas 38 anos. Em 2005 é eleito para a presidência do PSB, porém, no ano seguinte se licenciou para concorrer ao Governo do Estado de Pernambuco.
Eduardo Campos entra na disputa, em 2006, para o Governo do Estado de Pernambuco, vencendo com 65% dos votos. Em 2010, Eduardo Campos é reeleito com 82% dos votos válidos. Na sua primeira gestão, o governador coloca na internet, as contas públicas de Pernambuco, no Portal da Transparência do Estado.
Em seu governo teve a construção de 3 hospitais, 14 Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) e 13 escolas técnicas em todas as regiões do Estado. Lançou o programa de segurança, Pacto pela Vida, que reduziu os índices de criminalidade do Estado.
Eduardo Henrique Accioly Campos é casado com Renata de Andrade Lima Campos. O casal tem cinco filhos, Maria Eduarda, João, Pedro e José Henrique e Miguel.
Eduardo Campos faleceu no dia 13 de agosto de 2014, em acidente aéreo na cidade de Santos, São Paulo.
Deixou uma lacuna impreenchível e indelével lembrança de sua história e de sua passagem em nossa sociedade.

Nossas sinceras condolências e sentimentos de pesar neste momento de dor à família enlutada.
Sala das Sessões, em
13 de Agosto de 2014.
VANDERLEI BORGES DE LIMA
Vereador