Festa de Santo Antônio vira patrimônio de Apiaí

paroquiaDe autoria vereador João Paulo Cordeiro de Lima – “Declara a Festa de Santo Antônio como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Apiaí, Estado de São Paulo, e dá outras providências”;

Na Sessão Ordinária de 26 de setembro de 2019, feito aberta à votação e foi aprovado por 10 votos, ou seja, por todos os vereadores.

A festa de Santo Antônio é uma tradição do município que acontece todos os anos, conta com o apoio de centenas de famílias, empresas e comerciantes locais.

Segundo o historiador Dr. Rubens Calazans, no livro Santo Antônio das Minas de Apiahy, em 1600, alguns indivíduos assentaram vivenda nas nascentes do Iguapé, nas margens do rio Apiahy, para extrair ouro em minas que foram mais ou menos rendosas no decurso de um século; porém, à proporção que o ouro ia diminuindo, e diminuía também a povoação deste lugar; assim se deu o título de paróquia à igreja dedicada a Santo Antônio de Lisboa.  Na terceira povoação a Dona Anna, “grande proprietária, trouxe uma imagem de Santo Antônio de Pádua, e sendo proprietária de um terreno, onde está a cidade de Apiaí, doou ao Santo”.

Visando melhorarias o vereador João Paulo, teve a ideia e a iniciativa de eternizar essa festa tão popular da nossa região.