Amostra Cultural Natalina emocionou Apiaí

IMG_4576O auditório da ETEC de Apiaí sofreu na última sexta, 11 de dezembro o que os americanos denominam “overbooking” – Uma expressão em inglês que significa que o evento recebeu mais participantes do que o número de lugares disponíveis. O tradicional “galpão do Amadeu” como os apiaienses mais velhos conhecem ficou pequeno para o número de pessoas que não deixou de prestigiar a primeira edição da IMG_4592Amostra Cultural de Natal.

Estiveram presentes autoridades locais, entre elas o secretário de Assistência e Promoção Social Alisson Franco, os vereadores Jorge Vanderlei Pingas, Samuel Antonio Carriel de Lima, e Vanderlei Borges de Lima.

Promovida pela Associação Maestro Custódio IMG_4614Possidônio Martins, em parceria com a ETEC de Apiaí, comércio local e outros colaboradores, a amostra trouxe os frutos da cultura em Apiaí, como a oficina de artesanato, em que artesãos não só expuseram seus trabalhos como também fizeram ao vivo peças de cerâmica de nossa cidade que são exportadas para todo o mundo.

IMG_4644A noite também foi para os apreciadores de pintura em tela e em tecido com a exposição do Polo Artístico, projeto iniciado em abril deste ano e que trouxe peças de alunos para exposição e venda sob um valor simbólico que será revertido em materiais para as aulas que são gratuitas, ministradas pelos professores Domingos e Jaqueline, respectivamente.

O colaborador da associação, Saulo de Lima IMG_4647abriu a noite destacando a importância de consolidar um evento como este em nosso município, tornar Apiaí um polo regional de cultura com atuação em todas as modalidades.

O presidente da associação, Josimar Camargo também proferiu palavras de agradecimento pela presença maciça de munícipes que decidiram curtir uma sexta-feira diferente das IMG_4653comuns em nossa cidade. A mestre de cerimônia foi a advogada e também colaboradora Dariane Ferreira Pingas.

Iniciando as apresentações no palco, com iluminação especial e uma tradicional cortina vermelha, o Coral da Igreja Presbiteriana encantou os presentes com canções natalinas.

IMG_4681A Camerata de Violão Erudito foi a segunda atração da noite e impressionou com a bela apresentação dos alunos do Professor Willian Rodrigues.

Na sequência o trio de violinos se apresentou e trouxe a versatilidade digna de grandes eventos. A apresentação antecedeu o também esperado teatro.IMG_4689

O projeto teatral iniciado em Agosto com os professores Jonathan Franco e Denise Barbosa, trouxe a história “Tesouro Perdido” com a turma do Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato. As peripécias da Cuca, do Saci, da Emília e dos demais personagens prenderam a atenção das crianças e dos adultos, e foi aplaudida em pé com o final feliz.

IMG_4715Acompanhada do Maestro César Pelegatti no teclado, Paola Moraes se apresentou com a flauta transversal. O dueto emocionou os presentes e foi aclamada ao término da apresentação.

O Studio Lua Sete trouxe duas apresentações solos de balé que impressionaram a todos pela perfeição dos movimentos das alunas da professora Alana Aliaga.

Um quarteto com violino, flauta, clarinete e teclado trouxe composições clássicas e preparou o público para as emoções que ainda estavam por vir com a orquestra, principal atração da noite.

Sob luzes apagadas e uma voz grave anunciando ao som das trombetas, as cortinas se abriram e a orquestra iniciou sua apresentação impactante. Trazendo músicas clássicas que emocionaram e também músicas atuais orquestradas, além de clássicos infantis dos desenhos animados, agradando aos mais aguçados ouvintes até as crianças fanáticas por personagens como as princesas de Arendelle, do filme Frozen – unanimidade entre as crianças.

O Maestro César Pelegatti usou do microfone para anunciar as execuções seguidas e também para ressaltar que alguns integrantes tinham pouco mais de um mês de aulas, mas que ele faz questão de integrar para que sintam a emoção que só uma apresentação como esta pode transformar em experiência e aperfeiçoamento no aprendizado.

“Seria uma injustiça citar nomes porque muita gente ajudou na idealização deste evento, mas em nome da associação eu quero agradecer a todos pelo empenho, pela vontade de mostrar que nossa cidade tem talentos, tem cultura, tem potencial para se tornar referência em nossa região. É um trabalho muito árduo, esses adultos, jovens e crianças deixam de fazer outras coisas no final de semana para ensaiar e para ter aulas nos caso do Polo Artístico, para comparecerem assiduamente, pelo desejo de aprender, e isso é gratificante” – ressaltou o presidente Josimar Camargo.

O presidente Josimar também lembrou que em 2016 a segunda edição já está confirmada, e observou: “Os polos Artístico e Musical são projetos iniciais da Associação Maestro Custódio Possidônio Martins, estamos satisfeitos com a procura por parte da população, e sabemos que ainda temos muito por fazer, é essa satisfação que alimenta nossa força de vontade e que nos permite anunciar que muito em breve teremos novos projetos para enriquecer o setor cultural de nosso município”.

IMG_4708