João Paulo reivindica Ácido Fólico para gestantes

João PauloO vereador João Paulo Cordeiro de Lima reivindicou, na última sessão ocorrida no dia 14 de maio, que a Secretaria de Saúde adquirisse o quanto antes Ácido Fólico para as gestantes que fazem o pré-natal pela rede municipal de Saúde.

De acordo com o vereador, este medicamento é de extrema importância no período gestacional. “O medicamento previne que o bebê nasça com problemas neurológicos ou com deficiência na medula espinhal. Acredito que o mais breve possível o município tenha a disposição este medicamento”.

O ácido fólico atua na prevenção de anomalias congênitas no primeiro trimestre da gestação. Ele é recomendado na prevenção primária da ocorrência de defeitos do fechamento do tubo neural, que entre os dias 18 e 26 do período embrionário transforma-se na espinha. Defeitos do tubo neural são malformações que ocorrem no início do desenvolvimento fetal, sendo os principais: anencefalia e espinha bífida. As doses diárias recomendadas são de 0,4 a 0,8 mg no período de no mínimo um mês antes da concepção até três meses ou 12 semanas de gravidez (1º trimestre).

O principal problema desta prevenção reside no fato de cerca de metade das gestações não serem planejadas e, assim, quando as mulheres descobrem que estão grávidas já é tarde para se fazer a suplementação com o ácido fólico. Por este motivo o principal foco é que as mulheres em idade reprodutiva tenham uma alimentação balanceada que contenha alimentos ricos em ácido fólico. As principais fontes deste nutriente são as vísceras, o feijão e os vegetais de folhas verdes como o espinafre, aspargo e os brócolis, além de abacate, abóbora, carne de vaca, carne de porco, cenoura, couve, fígado, laranja, leite, maçã, milho, ovo e queijo.