Maurício Stallmach faz requerimento ao Governador

MaurícioO vereador Maurício Stallmach protocolou requerimento em mãos ao governador Geraldo Alkimin, solicitando que seja determinado aos órgãos competentes do Estado, em especial, às Secretarias de Saneamento e Recursos Hídricos e Secretaria Estadual do Meio Ambiente, para que envide esforços no intuito de solucionar um grave problema que tem ocasionado dissabores à nossa população e que representa sérios riscos de calamidades como à que sucedeu recentemente no vizinho município de Itaoca.

“Estou me referindo ao problema recorrente de represamento das águas pluviais no bairro Pinheiros, palco de outras inundações causadas pelas enchentes dos córregos que corta a localidade. A solução definitiva para o problema seria o aumento da capacidade de vazão das águas, com a ampliação da galeria sob a linha férrea, com tubulação de maior diâmetro que permitiria um fluxo maior da correnteza das águas acumuladas e que se dirigem para um único canal de escoamento que é a tubulação apontada. Em Pinheiros há a confluência de vários córregos, entre os quais: córrego campo bonito, córrego pinheiros e córrego ribeirão do tijuco, que em tempos de fortes chuvas não raro acontecem inundações provocadas pela pouca vazão do encontro das águas que se forma junto a tubulação sob a linha férrea nas proximidades do COGA – Clube de Campo, cuja malha ferroviária pertence ao Estado, acervo da antiga Fepasa”, explica o vereador.

Os córregos precisam ser desassoreados e aumentar a capacidade das galerias para se evitar transbordamentos no local, já que tais córregos recebem o fluxo das águas pluviais mais as águas naturais desses cursos de águas.

“Esses problemas vem ocasionado enormes transtornos aos moradores vizinhos dos córregos, já que é comum transbordamento das águas das chuvas que descem da região mais alta e de outras nascentes que deságua nos córregos citados. Além disso, a tubulação de águas pluviais recebe o fluxo de águas vindas naquelas imediações, fato que ocasiona constantes inundações, a transbordar, e, consequentemente, inundar as residências e prejudicar a vida de todos os habitantes do lugar de um modo geral.     Assim, se faz necessário investimentos e encontrar soluções adequadas que a situação exige, razão porque pedimos sua inestimável atenção em viabilizar os estudos e recursos necessários para solucionarmos o problema apresentado”, esclarece Maurício.